Painel de Bioeconomia Digital abre amanhã Semana de Ciência e Tecnologia do Amazonas

O painel “Bioeconomia Digital: O papel da tecnologia no desenvolvimento de uma economia sustentável para o Amazonas” abre amanhã, dia 19, às 16h, a Semana de Ciência e Tecnologia do Amazonas (SCTA), que será realizada  no formato webnário, com transmissão pelo canal da Secretária de Estado de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) no Youtube.

Promovido pela Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedecti, o evento ocorrerá nos dia 19, 24 e 26 de novembro, como parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que este ano tem como tema “Inteligência Artificial: A nova fronteira da Ciência brasileira”.

No Amazonas, a SCTA tem como foco as discussões em torno da utilização de tecnologias inovadoras como propulsoras do desenvolvimento de economias sustentáveis, o monitoramento e conservação dos recursos naturais e a melhoria do acesso à internet em áreas remotas. 

No primeiro dia do evento, três palestrantes com larga experiência no setor abordarão temas estratégicos:

Carlos Gabriel Koury, do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam), fará a palestra “Biotecnologia para cadeias produtivas amazônicas”. Koury é engenheiro florestal,formado pela ESALQ/USP, foi diretor executivo Idesam por sete anos. Atualmente, é diretor técnico desta instituição, contribuindo em agendas de planejamento territorial e áreas protegidas, produção agroextrativista de base comunitária, além de coordenar o Programa Prioritário de Bioeconomia.

“Ecossistemas de inovação impulsionando a Bioeconomia”, é o tema da palestra de Marcos Da-Ré, da Fundação Certi (Centro de Referência em Tecnologias Inovadoras). Biólogo com mais de 30 anos de experiência em estratégias de conservação, ele criou e implantou o Projeto Ararinha Azul e é Fellow da Ashoka Empreendedores Sociais. Coordenou mais de 40 projetos envolvendo áreas protegidas, desenvolvimento regional sustentável e concepção de mecanismos para gestão de ativos ambientais. Atualmente é Diretor de Economia Verde da Fundação Certi, trabalhando com temas relacionados à Bioeconomia, Negócios de Impacto, Ecossistemas de Inovação para Criação de Valor Compartilhado, dentre outros.

A presidente da Associação Polo Digital de Manaus (APDM), Vânia Thaumaturgo, que também integra o Instituto Eldorado, abordará o tema “Iniciativas tecnológicas para promover a Bioeconomia no Estado do Amazonas”. Vânia é engenheira eletrônica com MBA em Gestão Empresarial e mestranda em Gestão Estratégica. Profissional, tem mais de 28 anos de experiência em posições de gestão sênior em grandes empresas da área de telecomunicação e setor automotivo, além de possuir quatro anos de experiência em posição sênior de gestão em Instituto de P&D. É membro do Conselho da Fundação Matias Machline.

A secretária executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedecti, Tatiana Schor, será a moderadora deste painel.