FGV: Alunos elaboram propostas para melhorar Gestão Pública no AM

O grupo de 20 alunos do curso de Imersão Subnacional da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EASP) apresentará na próxima sexta-feira, dia 9,  um relatório com propostas de intervenção e melhorias para a Gestão Pública do Amazonas, uma das etapas da disciplina. Durante três dias, os estudantes da FGV reuniram-se, de modo virtual, com gestores de diversos órgãos do Governo do Estado para conhecer os programas mais relevantes das instituições, para depois apresentar soluções a partir de desafios identificados pelos representantes de cada pasta.

Oferecida semestralmente desde 2013, a proposta da semana de Imersão Subnacional é possibilitar aos diferentes grupos de alunos da FGV-EAESP oportunidade para uma vivência com foco no conhecimento de políticas públicas estaduais, formulação de propostas de melhoria ou novas soluções para problemas do governo estadual, e de conhecer os programas mais relevantes daquela gestão. No Amazonas, a Imersão Subnacional FGV-EASP é uma ação de Difusão e Popularização da Ciência, da Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), vinculada a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), na tarefa de aproximar a academia da gestão pública.

O grupo de estudantes foi dividido em 10 duplas para  um trabalho de pesquisa junto às Secretarias de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra); de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc); Meio Ambiente (SEMA); Produção Rural (Sepror); Segurança Pública (SSP); Assistência Social (SEAS); Educação (Seduc); Saúde (SES); Casa Civil; e as Secretarias Executivas de Planejamento (Seap) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), ambas vinculadas à Sedecti.

Na segunda-feira, dia 5, depois da apresentação  “Caracterização Amazonas”, feita pela secretária executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação, Tatiana Schor, os estudantes ouviram a apresentação “Atlas ODS Amazonas” com o representante do Atlas ODS Amazonas da Universidade Federal do Amazonas Henrique Pereira. Depois estiveram reunidos com a secretária executiva de Planejamento da Sedecti Sônia Gomes, que fez a apresentação do “Plano Plurianual e Agenda 2030”. À tarde, participaram de uma reunião com o engenheiro Manuel Paiva para a apresentação “Região Metropolitana de Manaus”.

Dia 6, terça-feira, os temas das reuniões foram “Educar para Transformar”, com Wilmara Messa, diretora do Centro de Mídias de Educação do Amazonas -CEMEAM Seduc, “Nova Saúde” com Jani Kenta Iwata, Secretário de Estado da Saúde,  “Prevenção e Combate à Criminalidade e Violência”, com o secretário de estado de Segurança Pública Louismar Bonates. À tarde os temas debatidos foram “Amazonas Presente & Muda Manaus”, com Ana Beatriz Lobo Moutinho Breval, secretária executiva da Casa Civil e Ana Gabrielle Costa Barroncas Pará, – secretária executiva de Políticas para Mulheres da Secretaria de Estado de Justiça Social e Cidadania – Sejusc.

Nesta quarta-feira, o encontro foi com Christina Fischer, secretária adjunta de Meio Ambiente – SEMA para tratar do tema “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”. O secretário de Estado de Produção Rural Petrucio Júnior abordou o projeto “Produzir Amazonas”. O tema “Bioeconomia” foi apresentado pela secretária executiva de Ciência e Tecnologia e Inovação Tatiana Schor. A secretária de Estado da Assistência Social Marcília Teixeira da Costa falou sobre o tema “Amazonas Social”, enquanto a Chefe de Departamento de Políticas Públicas Secti/ Sedecti Nina Best, apresentou o tema “Experiência em Gestão Pública”. Nesta quinta-feira, os alunos trabalharão com os orientadores para a definição das propostas a serem apresentadas.