Reunião virtual do Codam avaliará novos investimentos dia 27/10

Investimentos da ordem de R$ 869 milhões com projeção de abertura de 1.218  postos de trabalho, distribuídos por 33 projetos industriais, estão relacionados na pauta da 287ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), a penúltima em 2020, que acontecerá inteiramente de modo virtual, no próximo dia 27, às 10h, pela plataforma Teams, somente para os conselheiros. A todos os interessados, o evento será transmitido via canal da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) no Youtube. A pauta do Conselho, na íntegra, pode ser acessada aqui.

Um dos destaques da nova pauta é o projeto da Compal Eletronics, empresa de Taiwan, fabricante e desenvolvedora de produtos no segmento de notebooks, monitores, tablets e televisores. 

A nova fábrica do grupo Compal no Polo Industrial de Manaus (PIM), a segunda fora da Ásia – a primeira está localizada em Jundiaí (SP) – deve demandar investimentos de R$ 353 milhões para a produção de placas de circuito impresso para bens de informática com a contratação de 212 trabalhadores.

Outro destaque são os dois projetos de implantação da Elgin Industrial da Amazônia para a fabricação de um pacote de produtos que inclui terminal de captura de dados, balança eletrônica, aparelho de autenticação e monitores de vídeos, entre outros itens. A empresa pretende investir pouco mais de R$ 82 milhões e abrir 70 novas vagas no mercado de trabalho.

No geral, a nova pauta do Codam reúne 14 projetos de implantação, 15 de diversificação e 4 de atualização. O maior volume de investimento está concentrado nos projeto de implantação, ou seja, novos empreendimentos, um total de R$ 646 milhões,  o que equivale a 42% de todos os recursos incluídos na pauta.

Na avaliação do secretário de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jório Veiga, os novos projetos contidos na pauta do Codam são uma clara demonstração da confiança que os investidores depositam no Polo Industrial de Manaus, sobretudo neste momento de incertezas geradas pela pandemia da Covid-19. “O Amazonas continua sendo uma das melhores opções para os empreendedores, não só pela  segurança jurídica e vantagens tributárias. Há também um grande esforço do Governo para garantir um bom ambiente de negócios a todos escolhem o Estado buscando melhores condições para prosperar”, resumiu o secretário.   

HISTÓRICO

A reunião anterior do Codam foi realizada no dia 26 de agosto, a qual  aprovou um volume de investimentos de R$4,569 bilhões, o maior registrado em uma única pauta nos últimos quatro anos. Os destaques da pauta foram os projetos da Samsung, o equivalente a  61,18% (R$ 2.795.261.943,13) do total daquele investimento, para a produção de fones de vídeo com sistemas inteligente de áudio e televisores com tela de cristal, e o projeto da Coimpa, estimado em R$ 1.248.258.504.16, que representou cerca de 27% do total de recursos previstos na pauta.